FANDOM


Limbo
Vlcsnap-2011-10-26-10h44m46s196
Dubledore e Harry no Limbo
Localização:
Em um outro plano existêncial desconhecido
Proprietário(s):
?
Residente(s):
?
Afiliação(ões):
?


Harry: "Onde estamos, exatamente?"
Dumbledore: "Bem, eu ia perguntar isso. Onde você diria que nós estamos?"
Harry: "Parece a Estação de King Cross. Exceto pelo fato de estar muito mais limpa e vazia, e não há trens, até onde eu posso ver."
— Harry tentando entender o que é o Limbo.

Limbo é um estado de existência que fica entre a vida e a morte. Sua aparência é diferente para cada pessoa que o visita[1].

História

Em maio de 1998, Harry Potter permitiu-se ser atingido por um Avada Kedavra lançado por Lord Voldemort em uma tentativa de proteger seus amigos e entes queridos e de destruir o pedaço da alma de Voldemort que residia dentro dele. O que nem ele e nem Voldemort perceberam, no entanto, foi que quando Voldemort usou o sangue de Harry em sua ressurreição, em 1995, ele involuntariamente levou a proteção mágica que Lílian colocou sobre Harry, em si mesmo, assim como entrelaçar a vida de Harry nele próprio também.

Algum tempo depois de ter recebido o ataque, Harry acordou e encontrou-se deitado nu em uma névoa sem forma. A névoa se ajustava em seu entorno, porém ele desejou estar vestido, e, seguindo seu desejo, a névoa veio a ele de maneiras curtas e longas, transformando-se em uma pilha de roupas frescas e limpas. Depois de colocar as roupas, a névoa começou a tomar forma e acabou por copiar a estação de King's Cross. Nesse momento Harry viu uma forma semelhante a uma criança atrofiada, choramingando, deitada no chão. Ele sentiu tanto piedade quanto repulsa ao olhar a criatura. Ele também viu Alvo Dumbledore, seu falecido mentor, e os dois começaram uma longa conversa em que o diretor respondeu a muitas das perguntas de Harry e lhe disse que ele não estava, de fato, morto. Como uma alma que estava inteira e completa, foi dada a Harry a opção de voltar ao mundo dos vivos para finalmente deter Voldemort subindo a bordo de um trem e "continuar"[2]. Harry escolheu voltar, e quando ele se levantou contra Voldemort, no Salão Principal de Hogwarts, Harry avisou que ele tinha visto o destino que aguardava Riddle após sua morta, a menos que ele tentasse consertar sua alma fragmentada através de remorso. Voldemort, não conhecendo a tal destino e a importância do bem-estar de sua alma, assim como arrogantemente acreditando que ele não iria morrer, ignorou a advertência e continuou a atacar.

Voldemort's mutilated soul

"Algo que está além da nossa ajuda..."

Com a destruição de todas as Horcruxes, quando a Maldição da Morte de Voldemort ricocheteou e, finalmente, terminou com a sua vida de uma vez por todas, forçando a sua fragmentada e mutilada alma[3] a existir na forma atrofiada que Harry viu na versão limbo da Estação de King's Kross, incapaz de seguir em frente ou de voltar como um fantasma, nem tendo qualquer chance de recuperar a si mesmo ou de ser ajudado por qualquer outra pessoa[4].

Etimologia

Na obra literária Inferno de Dante Alighieri, o Limbo é o primeiro círculo do Inferno. É onde ficam os pagãos que não acreditam no Deus judaico-cristã, mesmo que, em vida, tenham sido pessoas boas. A própria palavra deriva da palavra latina, limbo, que significa "borda, fronteira". Então em Latim "no limbo" passou a significar "em uma condição de negligência ou esquecimento". A palavra é totalmente alheia ao jogo de dança trouxa, limbo, que deriva de raízes Índio-Ocidentais (o mesmo que "flexível").

Curiosidades

  • Não é especificado se todas as almas dos mortos passam pelo Limbo antes de "seguirem em frente", ou se a visita de Harry ao lugar foi devido às circunstâncias únicas em que as vidas tanto dele quanto a de Voldemort estavam entrelaçadas.
  • Não se sabe como Alvo Dumbledore foi capaz de se manter no limbo durante o tempo entre a sua morte e a visita de Harry Potter, uma vez que não haviam outras almas visivelmente presente no lugar. É provável que a imensa sabedoria de Dumbledore e a enorme experiência mágica tenham lhe dado essa "habilidade".
  • Durante a Terceira Tarefa do Torneio Tribruxo no ano letivo de 1994-1995, um Limbo de Névoa foi usado como um obstáculo.
  • Quando Graham Montague foi preso no Armário Sumidouro defeituoso, ele foi descrito como estando no limbo. No entanto, esse termo não se refere ao lugar titulo do artigo, mas, em vez disso, se refere ao fato dele estar preso entre o Castelo de Hogwarts e a Borgin e Burkes, incapaz de seguir para qualquer um dos dois lugares.
  • Em Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2, Harry acorda no Limbo com suas roupas (no entanto, as roupas são diferentes das quais ele usava na Floresta Proibida) ao invés de estar nu, como no livro. Isso foi feito, provavelmente, por razões de censura.
  • Não se sabe se a forma mutilado da alma de Voldemort era um destino padrão que todos os criadores de Horcrux (como Herpo, o Sujo) tiveram no momento da morte, ou se ela era único no caso de Voldemort, dada a natureza de seus muitos crimes durante sua vida e a criação de mais Horcruxes do que qualquer outro bruxo.
  • Em Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2, a alma de Voldemort no Limbo lembra muito o corpo rudimentar que Voldemort usou durante a versão cinematográfica de O Cálice de Fogo. Se isso foi uma coincidência ou intencional por parte dos produtores é desconhecida. Embora com base na descrição do quarto e sétimo romance, a aparência da forma deformada de Voldemort não seja compatível.
    • Vendo que um fantasma assume a forma da aparência do bruxo/bruxa no momento da sua morte, o mais provável é que a alma de Voldemort seja realmente um reflexo da sua forma rudimentar.
  • É possível que o Limbo seja o lugar em que uma pessoa recém-falecida possa fazer a decisão de seguir em frente ou voltar para o mundo mortal como um fantasma.

Aparições

Referências

  1. J.K. Rowling and the Live Chat, Bloomsbury.com, 30 July, 20 (em inglês)
  2. Harry Potter e as Relíquias da Morte, capitulo 35
  3. J.K.Rowling Official Site F.A.Q.s (em inglês)
  4. J.K. Rowling and the Live Chat, Bloomsbury.com, 30 July, 20(em inglês)
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.